ServeStream Clique aqui para navegar no site
ServeStream Clique aqui para navegar no site
Ouvindo Agora:

PREOCUPAÇÃO

ALERTA

Prefeitura de Barroso alerta para espécie de micose que apareceu na cidade

Nesta sexta-feira, 05 de janeiro, o responsável pelo Serviço de Vigilância Sanitária e Epidemiológica de Barroso, Márcio Leandro Ferreira, esteve na Rádio Liberdade FM, participando ao vivo do Jornal das Onze, quando aproveitou a oportunidade para fazer um alerta à população. O servidor destacou a preocupação com alguns casos de Esporotricose manifestados na cidade e pediu atenção dos barrosenses.

A Esporotricose, também conhecida como Doença do Jardineiro, é uma micose subcutânea causada por um fungo que ataca principalmente os gatos, mas que pode se manifestar nos humanos e em outros animais. Geralmente afeta a pele e os vasos linfáticos próximos a ela, mas pode também afetar ossos, pulmão e articulações. Segundo Márcio, o fungo foi trazido para Barroso por um gato de uma família do Rio de Janeiro, que visitou a cidade nas festas de fim de ano.

A grande preocupação das autoridades é para que os casos não se alastrem e causem uma epidemia na cidade. Os gatos, principais agentes da transmissão do fungo, devem ser bastante observados. O aparecimento de feridas e a ausência de pelos na pele, especialmente nas patas, região da cabeça (especialmente boca e focinho), mucosas e na cauda são os grandes sintomas. O tratamento é simples, mas a ferida pode se manifestar em até 3 meses após o contato do animal com o fungo. Nos humanos, o fungo causa a abertura de grandes feridas na pele e sua manifestação inicial pode ser confundida com uma simples micose. Assim, a atenção deve ser redobrada. Qualquer suspeita deve ser considerada e um médico deve ser consultado.

A recomendação é para que os locais onde os gatos circulem e permaneçam sejam higienizados. O Serviço de Vigilância Sanitária e Epidemiológica de Barroso está disponibilizando hipoclorito de sódio concentrado, em uma embalagem de 50ml, com orientações para aplicação. No entanto, o cidadão pode higienizar os ambientes com água sanitária comercial, além de procurar manter os animais limpos, preferencialmente com banhos regulares.

A preocupação também atinge os donos dos gatos, não apenas pela questão da doença. Barrosenses preocupados com a segurança dos animais fazem um apelo para que as pessoas não maltratem os gatos e, em caso de perceberem algum animal com sintomas, informarem aos proprietários ou à Prefeitura.

Em caso de gatos aparecerem mortos, eles não devem ser enterrados próximos às casas. A recomendação é para que sejam cremados. A Prefeitura, através do Serviço de Vigilância Sanitária e Epidemiológica, está se disponibilizando para realizar o serviço. O telefone para mais informações a respeito do assunto é o 3359-3040.

Para mais informações sobre a Esporotricose (Doença do Jardineiro), acesse os seguintes links:

https://minutosaudavel.com.br/o-que-e-esporotricose-causas-sintomas-tratamentos-e-prevencao/

https://portal.fiocruz.br/pt-br/content/doen%C3%A7a-que-afeta-principalmente-os-gatos-se-torna-end%C3%AAmica-no-rio-de-janeiro

http://g1.globo.com/bemestar/videos/t/edicoes/v/documentario-da-fiocruz-explica-o-que-e-a-esporotricose/5368233/

 

Compartilhe:

Apoio Cultural

Seja um apoiador cultural de nossa programação. Entre em contato com a gente e saiba como participar!

Parceria

Parceria


Últimas notícias